Como está nossa Educação Básica?

Dados e informações mostram os desafios educacionais no Brasil

Panorama geral

28 de abril é o dia da educação e uma oportunidade de entender melhor a situação das escolas, educadores e alunos ao redor de todo o país. Vamos lá?

Você sabe o tamanho do nosso sistema educacional? São 48,8 milhões de alunos na Educação Básica - sendo que 39,8 milhões estão matriculados na rede pública de ensino. Para atender todos os alunos, o Brasil tem 186 mil escolas e cerca de 2,2 milhões de docentes espalhados pelo país.

Gráfico - Matrículas na Educação Básica por segmento

1dia_educa_matriculas

Qualidade e infraestrutura

Muitas escolas não têm a infraestrutura adequada para o aprendizado, o que é considerado pelos especialistas um dos fatores que contribuem para o desestímulo dos alunos.

As regiões Norte e Nordeste são as mais afetadas - muitas não possuem salas de leitura, bibliotecas ou acesso à internet. Isso dificulta o desenvolvimento e incentivo a tecnologias educacionais que poderiam ser grandes aliadas dos professores e alunos.

Abaixo, os dados do Censo da Educação Básica de 2016 alertam sobre a situação das escolas em todo o Brasil.

Mapa 1 - Percentual de escolas de educação básica com biblioteca e/ou sala de leitura por município - 2016

Mapa 2 - Percentual de escolas de educação básica com acesso à internet por município - 2016

02.diaeduca_mapas

5 dados sobre infraestrutura

No Ensino Fundamental apenas 39% das escolas têm quadras de esporte

Quando o assunto é laboratório de ciências caímos para 12%

60,7% das creches têm banheiros adequados à Educação Infantil

E somente 34,1% possuem berçários

82,7% das escolas que oferecem Ensino Médio contam com laboratórios de informática

 

Formação de professores

Outro ponto importante é a formação dos professores. Uma parte significativa leciona disciplinas sem ter a formação adequada ao currículo exigido pela aula. Nos anos finais do Ensino fundamental, 56% dos professores de Matemática são formados na área. Entre os professores de Artes, o número cai para 32%.

Os alunos estão na escola?

A evasão escolar afeta, principalmente, os alunos mais pobres - o que nos leva ao grande desafio da educação brasileira: a equidade.

criancas_rua

✓ Quase 600 mil crianças de 4 anos estão fora da escola. Aos 5 ou 6 anos, o número é 300 mil

✓ Mais de 99% da população de 6 a 13 anos estão na escola

✓ Cerca de 1,7 milhão de jovens de 14 a 17 anos estão fora da escola

✓ Segundo a Pesquisa Nacional Domiciliar realizada pelo IBGE em 2015, estudantes de baixa renda entram na escola mais tarde saem mais cedo. A partir dos 15 anos, muitos deixam a escola para ir trabalhar (26% entre os jovens de 15 a 17 anos empregados não estão estudando)

Nos últimos 12 anos a desigualdade de atendimento escolar caiu, porém a população negra e as comunidades de áreas rurais ainda estão mais distantes do ensino formal do que a população branca e urbana.

 

Gráfico - Crianças e jovens de 4 a 17 anos fora da escola (2015)

3dia_educa_evasao

E o desempenho?

Qualidade na educação é muito mais do que avaliações externas, porém elas ainda são a melhor forma de medir a aprendizagem dos alunos.

No Pisa, avaliação internacional da OCDE, o cenário é difícil para jovens de 15 a 16 anos. Desde 2009, o Brasil não apresenta avanços nesta avaliação. Com os gráficos, podemos ver que matemática é o nosso principal desafio - temos 46,5% de alunos abaixo do nível 1 na rede pública.

04. DiaEdCiencias 05.DiaEdLeitura 06.DiaEdMatem