Como está nossa Educação Básica?

Dados e informações mostram os desafios educacionais no Brasil

Panorama geral

28 de abril é o dia da educação e uma oportunidade de entender melhor a situação das escolas, educadores e alunos ao redor de todo o país. Vamos lá?

Você sabe o tamanho do nosso sistema educacional? São 48,8 milhões de alunos na Educação Básica - sendo que 39,8 milhões estão matriculados na rede pública de ensino. Para atender todos os alunos, o Brasil tem 186 mil escolas e cerca de 2,2 milhões de docentes espalhados pelo país.

Gráfico - Matrículas na Educação Básica por segmento

1dia_educa_matriculas

Qualidade e infraestrutura

Muitas escolas não têm a infraestrutura adequada para o aprendizado, o que é considerado pelos especialistas um dos fatores que contribuem para o desestímulo dos alunos.

As regiões Norte e Nordeste são as mais afetadas - muitas não possuem salas de leitura, bibliotecas ou acesso à internet. Isso dificulta o desenvolvimento e incentivo a tecnologias educacionais que poderiam ser grandes aliadas dos professores e alunos.

Abaixo, os dados do Censo da Educação Básica de 2016 alertam sobre a situação das escolas em todo o Brasil.

Mapa 1 - Percentual de escolas de educação básica com biblioteca e/ou sala de leitura por município - 2016

Mapa 2 - Percentual de escolas de educação básica com acesso à internet por município - 2016

02.diaeduca_mapas

5 dados sobre infraestrutura

No Ensino Fundamental apenas 39% das escolas têm quadras de esporte

Quando o assunto é laboratório de ciências caímos para 12%

60,7% das creches têm banheiros adequados à Educação Infantil

E somente 34,1% possuem berçários

82,7% das escolas que oferecem Ensino Médio contam com laboratórios de informática

 

Formação de professores

Outro ponto importante é a formação dos professores. Uma parte significativa leciona disciplinas sem ter a formação adequada ao currículo exigido pela aula. Nos anos finais do Ensino fundamental, 56% dos professores de Matemática são formados na área. Entre os professores de Artes, o número cai para 32%.

Os alunos estão na escola?

A evasão escolar afeta, principalmente, os alunos mais pobres - o que nos leva ao grande desafio da educação brasileira: a equidade.

criancas_rua

✓ Quase 600 mil crianças de 4 anos estão fora da escola. Aos 5 ou 6 anos, o número é 300 mil

✓ Mais de 99% da população de 6 a 13 anos estão na escola

✓ Cerca de 1,7 milhão de jovens de 14 a 17 anos estão fora da escola

✓ Segundo a Pesquisa Nacional Domiciliar realizada pelo IBGE em 2015, estudantes de baixa renda entram na escola mais tarde saem mais cedo. A partir dos 15 anos, muitos deixam a escola para ir trabalhar (26% entre os jovens de 15 a 17 anos empregados não estão estudando)

Nos últimos 12 anos a desigualdade de atendimento escolar caiu, porém a população negra e as comunidades de áreas rurais ainda estão mais distantes do ensino formal do que a população branca e urbana.

 

Gráfico - Crianças e jovens de 4 a 17 anos fora da escola (2015)

3dia_educa_evasao

E o desempenho?

Qualidade na educação é muito mais do que avaliações externas, porém elas ainda são a melhor forma de medir a aprendizagem dos alunos.

No Pisa, avaliação internacional da OCDE, o cenário é difícil para jovens de 15 a 16 anos. Desde 2009, o Brasil não apresenta avanços nesta avaliação. Com os gráficos, podemos ver que matemática é o nosso principal desafio - temos 46,5% de alunos abaixo do nível 1 na rede pública.

04. DiaEdCiencias 05.DiaEdLeitura 06.DiaEdMatem

Buscando soluções!

Os desafios são grandes e, por isso, buscamos colaborar com soluções do tamanho do Brasil. Clique aqui para conhecer um pouco do trabalho que estamos fazendo pela educação matemática!